ARTURZINHO E O REINO ENCANTADO DO PASSE PRO LADO

Já dizia o saudoso Eduardo Galeano “o fanático é o torcedor no manicômio”, “a mania de negar a evidencia acaba fazendo que a razão e tudo que se pareça com ela afundem”, “em estado de epilepsia, olha a partida, mas não vê nada”. Preocupado, com as inúmeras acusações de fanatismo que venho sofrendo simplesmente por não compartilhar da ideia tricolor de que existem evidencias claras que elegem Arturzinho como “o novo Iniesta” ou “o novo Xavi”, achei que seria interessante filosofar.

Seria eu um anônimo no manicômio, um cego às evidencias claras, ou estaria eu em estado de epilepsia olhando os jogos do Arturzinho e não vendo nada?

Unicamente motivado em responder a essas perguntas intimas, e que de certa forma me colocam frente aos outros “como um sofista com certa categoria” (apud Bica), achei que um texto baseado em números, em dados concretos, em estatísticas usadas pelos melhores treinadores e profissionais do futebol pudesse evidenciar outra realidade, invertendo o polo do fanatismo para o lado azul, afastando de mim o “sofismo” utópico que me é imputado.

Como já havia dito em outras oportunidades, muito antes de ter acesso a qualquer dado estatístico, e baseado apenas nas partidas que efetivamente vi, achei num primeiro momento, o Arturzinho, um jogador bastante interessante, que toca muito na bola e se apresenta como opção pra receber a todo o momento e em quase todas as áreas do campo. Isso fica evidente na estatística abaixo. Arturzinho é o terceiro jogador que mais passa a bola no brasileirão. Logicamente como bem lembra um outro sofista amigo meu, não poderíamos mensurar a capacidade de um atleta de futebol baseado apenas em uma estatística, afinal de contas podemos ver na mesma lista jogadores como Márcio Araújo, Lucas Veríssimo e Réver (contra).

Aí me pergunto, e se analisássemos várias estatísticas do moleque conseguiríamos evidenciar um “novo Iniesta” ou “novo Xavi”?…

Parece-me muito evidente, e já disse isso anteriormente, que o Arturzinho coleciona passes laterais de 2 a 4 metros no máximo, e não sei se mais alguém percebeu, sempre passes do mesmo jeito, sem usar, de vez em quando a parte de fora do pé, ou um passezinho de salão, ou aquele tapa enjoado dos meias clássicos, sempre aqueles passes de Winning Eleven das antiga, tipo batoré. Tirem suas próprias conclusões acerca das estatísticas abaixo:

Viradas de Jogo

Uma das estatísticas disponíveis para médios/volantes, posição do Arturzinho, são as viradas de jogo, recurso que qualquer meio campista clássico esbanja com naturalidade e estilo. Nesse quesito e levando em consideração somente os jogadores da mesma posição Arturzinho aparece na 49º posição, atrás de praticamente todos os outros da mesma posição, em 16 jogos foram 3 viradas de jogo certas e uma errada, bem atrás do Márcio Araújo e do Élton (conhecido por Pelélton no tempos de inter) só pra citar alguns, ta atrás do Kaio do próprio Grêmio que fez 1/5 dos jogos por exemplo. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Lançamentos

Outro recurso clássico de todo meia é o lançamento, como não lembrar dos lançamentos venenosos de Pirlo, Xavi, Iniesta e até Dunga e Mauro Silva… Pois então, nessa estatística e levando em consideração somente os jogadores da mesma posição Arturzinho aparece na 51º posição, atrás por exemplo do Igor (aquele mesmo) e Anselmo (aquele mesmo também) que tem 6 lançamentos certos a mais, mesmo tendo feito a metade dos jogos do Arturzinho. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Interceptações

Todo meio campista que se preza, e principalmente os que não têm a incumbência de chegar à frente pra finalizar como é o caso do Arturzinho, têm que pelo menos, ser um bom interceptador de bolas, porém nessa estatística e levando em consideração somente os jogadores da mesma posição Arturzinho aparece na 48º posição, novamente atrás do Igor (aquele mesmo) e Anselmo “todo duro” (aquele do Marino 36x). Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Finalizações

Bom, se é pra comparar o cara com Iniesta e Xavi, se imagina que o guri bata faltas de média, pequena e longa distancia, só que não, o prodígio não bate faltas, e em 16 jogos finalizou só 5 vezes a gol, fazendo um gol inclusive (que o bica não cansa de ver no youtube), no mais 3 finalizações certas e 2 erradas, que colocam o Arturzinho na 36º posição, atrás de meias clássicos como Eduardo Henrique e Paulinho do Goianiense que fizeram a metade de jogos mas mesmo assim possuem números melhores, sem falar nos brucutus já citados anteriormente. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Dribles

Pasmem, pasmem mais um pouquinho, o Novo Iniesta não tem nenhum drible em 16 jogos disputados no Brasileirão enquanto os craques Marcio Araújo e Naldo, volantão da Ponte tem 4 cada um. Vou anexar a lista dos que lideram essa estatística abaixo, quando o Arturzinho der o primeiro drible dele no campeonato. E eu mesmo me comprometo de capturar a imagem do drible e enviar para o Bica por no Dvd, que já está quase cheio do mesmo gol e dos incríveis passes laterais selecionados com a ajuda do Perottinho e do Marcolino.

Desarmes

Essa foi a estatística que mais surpreendeu, Arturzinho é o décimo quarto meia/volante que mais desarma no Brasileirão, atrás de craques como Marcão Silva, Patric, e Judson. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Defesa/Bloqueio

Os bloqueios também são características peculiares dos meias que sabem se posicionar bem em campo e bloquear as investidas do adversário, Arturzinho está na 60º posição, com apenas 1 bloqueio em 16 jogos, o veterano Lucho Gonzáles por exemplo tem 8 bloqueios em 13 jogos. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Cruzamentos

Outra estatística interessante e curiosa, o novo Iniesta não acertou nenhum cruzamento neste Brasileirão foram 7 tentativas e 7 cruzamentos errados. Iago (o bruxo do Pep Róger), Igor e até o tal do Machado do próprio grêmio tem 4 cruzamentos certos. Como o Arturzinho figura acima da 100º posição nesse quesito, nem vou anexar a lista dos lideres do campeonato nessa estatística, mas pra não perder a piada segue a lista de lideres dentro do próprio elenco do Grêmio, levando em consideração só os meias/volantes Arturzinho é o sétimo.

Assistências

Pasmem muito novamente… o novo Iniesta ainda não deu nenhuma assistência nesse Brasileirão, o Jaílson “Smith” por exemplo que fez um ou dois jogos tem assistência. Já nos passes pra finalização, Arturzinho tem 0,69 por jogo (qualquer sofista guaibense percebe que ele só da passezinho de dois metros pro lado), mesmo assim a posição surpreende é o 19º atrás do Per“Igor” mito que jamais foi comparado com ninguém. Abaixo a lista dos que lideram a estatística de passes para finalização:

Rebatidas

Deixei essa estatística por último por que acho que ela tem que ser um pouco relativizada, afinal de contas se o meia tiver muita categoria, ele não rebate a bola, domina no peito e sai jogando, porém pra fazer justiça aos números x sofismos, Arturzinho ocupa a 15º posição, atrás do Judson e do Marcão Silva por exemplo. Abaixo a lista dos que lideram essa estatística:

Algumas conclusões

Jogadores como Renê Junior, Matheus Galdezzani, Wendel do Flu, Uilian Correia, Douglas (já vendido) que são boas revelações na posição, não são comparados a craques, mesmo possuindo números infinitamente melhores que os do Arturzinho “novo Iniesta” em praticamente todas as estatísticas. Arturzinho tem números piores que sujeitos como Igor, Anselmo, Fernando Bob e um monte de outros meia/volantes que eu nunca nem tinha ouvido falar.

Embora não ache o Arturzinho um jogador ruim, me parece muito evidente que o cara está muito longe ainda de ser um Xavi, e mais, antes de ele ser um Iniesta, ele precisa ser pelo menos o Arthur.
Concordo que as estatísticas podem maquiar algumas coisas, mas pro cara ser considerado craque como pintam os gremistas as estatísticas dele poderiam ser pelo menos um pouco melhores, ele não aparece nenhuma vez na primeira pagina de alguma estatística, e em algumas aparece entre os piores do campeonato, fora do top 40.

Estou aliviado, concluo com a consciência tranquila que não sou fanático (suspeito quem seja), e que as evidencias apontam o Arturzinho como um jogador mediano, regular, como tantos outros, nada impede que ele evolua, e se torne um bom jogador, aliás eu até torço muito por isso, adoraria ver o novo Iniesta vestindo a amarelinha já na próxima copa (mas acho difícil). Porém hoje, se eu fosse treinador dos adversário, não perderia tempo marcando o Arturzinho, pelo contrário deixaria ele jogar, afinal de contas as estatísticas mostram que do pé dele, não sai nenhum drible, nenhum cruzamento certo, praticamente nenhum lançamento, nenhuma assistência, e levando em consideração ainda, que o gol da vida dele ele já fez (o bica vê todos os dias), deixaria ele soltinho usando e abusando da sua virtude máxima “o passezinho pro lado”, tá ligado.

About the author

anonimo

3 Comments

Click here to post a comment

Recordar é viver

Categorias