Clássico

Inter:
Lauro, Danilo Silva, Fabiano Eller, Sorondo e Kléber; Sandro (Andrezinho), Guiñazú, Magrão e D’alessandro; Taison e Alecsandro.

Técnico: Adenor Tite Bachi.

Cruzeiro:
Fábio, Jonathan; Leonardo Silva, Gil e Diego Renan; Fabrício, Marquinhos Paraná, Henrique e Gilberto; Thiago Ribeiro (Guerrón) e Wellington Paulista.

Técnico: Adilson Batista.

Talvez um dos maiores clássicos do futebol nacional. Quem viu o jogo pela “pré” Libertadores de 1976, 5 a 4 Cruzeiro no Mineirão, afirma ter visto um dos maiores embates futebolísticos de todos os tempos.

O Gol Iluminado na final de 75

No primeiro turno deste Brasileirão, 1 a 1 no Mineirão. Golaço de cabeça do Magrão Maloka, expulsão dupla de Kléber Gladiator e Lauro. O gol de empate foi do carrasco gremista Wellington Paulista. Vi esse jogo no Bar da Heineken, em Balneário Camboriú, com meu amigo Raphael, o sumido – por motivos óbvios – Raphinha do Flu. Naquele dia o Fluminense ganhou seu jogo (acho que contra o Botafogo). Só pra dar a noção de quanto tempo faz…

Pro jogo de domingo no Gigante, Tite volta com o 4-4-2 com meio de campo em “losângulo”. Com a liberação de Sandro da Seleção que vai ao Mundial Sub-20 no Egito (Giuliano jogará no Saara), provavelmente D’ale ficará encarregado da armação pelo meio, auxiliado por Magrão e Guina pelos lados. O guri que jogou muito bem contra o Chile nas Eliminatórias faz o primeiro volante, ou o tal do box-to-box como gostam de falar na terra do Charles Miller.

Um duelo tático interessante neste grande jogo (domingo, 16 horas, TODOS AO GIGANTE!) pode ser o ESPELHAMENTO DE SISTEMAS. Notem que o meio de campo da Raposa, se confirmado com esta escalação, atua de maneira quase idêntica ao setor Colorado: Fabrício na primeira posição, Marquinhos Paraná pela esquerda, Henrique pela direita e o canhoto (e ex lateral) Gilberto armando as jogadas.
Mas Adilson pode surpreender com a entrada de Guerrón e um falso 4-5-1. Assim como Tite deixa no ar a possibilidade de escalar Andrezinho. Ou na vaga de Magrão, ou no lugar de Sandro (com Maloka cumprindo a primeira função).

De qualquer maneira será um jogo imperdível.

Palpite? 2 a 1 Inter. Com o gol da vitória marcado pelo Taison.

Histórico do Confronto em Brasileiros (retirado do Guia do Brasileirão da Placar)

45 Jogos
16 Vitórias Coloradas
13 Empates
16 Vitórias Celestes

No Beira-Rio

23 Jogos
14 Vitórias Coloradas
7 Empates
2 Vitórias Celestes


Desafio Grenalzito: Quem é o Cruzeirense?

Ps.: Vitória e Avaí jogam com a camiseta rubra por baixo de seus mantos neste final de semana.

About the author

Grenalzito Corp

1 Comment

Click here to post a comment

Recordar é viver

Categorias