Diferente

Precisa de legenda?
O Capitão Cholo colocou uma carta aberta à torcida Colorada em seu site oficial. Sou Colorado e totalmente suspeito para falar, mas quem tem um mínimo de consciência e memória futebolística nota que Guina é diferenciado (assim como são Sorín, Lugano, Elano, São Marcos, Gattuso e infelizmente não muitos outros no futebol de hoje). No campo, no trato, no jeito, na maneira de encarar o “jogar bola”.
Guina é “fenômeno”, como ele diz.

Carta aberta aos colorados
02/07/2009

Obrigado, Inter. Obrigado, torcida colorada. Gostaria de agradecer todo o apoio dado à equipe, ontem à noite, pelos mais de 50 mil torcedores (e os milhares espalhados mundo afora) que compareceram ao Beira-Rio para a final da Copa do Brasil. Os grandes times, os grandes homens, são forjados com vitórias e derrotas. Não vencemos a Copa do Brasil, mas, pode ter certeza, meu amigo colorado, ficamos ainda mais fortes para seguir brigando pelo Campeonato Brasileiro. Desde ontem, no vestiário, após o jogo, nosso foco passou a ser o tetracampeonato nacional – e o retorno à Libertadores. Estamos na liderança, ao lado do Atlético-MG, e precisamos cada vez mais do teu apoio, colorado. Nossa missão será retomada neste domingo, em Recife, contra o Náutico. Fiquem conosco, nos apóiem como nunca. Tenho certeza que o nosso Centenário ainda será de muitas alegrias. Peço este crédito a vocês, que sempre foram fantásticos com o Inter. Até a vitória!

Um abraço

Cholo Guiñazu

Um camarada do meu pai, o André Franco, Coloradão lá de Viamão, tem uma idéia que julgo muito apropriada: Guiñazú merece um contrato PÓS-ATIVIDADES COMO ATLETA. Mais ou menos como o Palmeiras fez com São Marcos, ao oferecer para o goleiro um contrato na comissão técnica do Palestra para depois de sua aposentadoria dos gramados. Guiñazú seria uma espécie de TREINADOR DE VOLANTES, ensinando as técnicas de marcação, posicionamento, e principalmente mostrando através de seu EXEMPLO enquanto ídolo do clube como que a ENTREGA no campo faz a diferença no futebol FÍSICO de hoje.

Cholo está com 30 anos e completa 31 em agosto. Talvez daqui 1, 2 anos se transfira para Arábia ou Japão ou algum desses mercados malucos para fazer um pé de meia. E depois disso voltaria para trabalhar no Inter. O momento de louvar os ídolos é no AGORA, não daqui 50 anos!

Ps.: Para saber um pouco mais sobre os “shows” da Brigada Militar nesta semana em Porto Alegre, acessem o Blog Beira-Rio.

About the author

Grenalzito Corp

4 Comments

Click here to post a comment

Recordar é viver

Categorias