Entidades Imateriais do Futebol Brasileiro: A Semana Grenal

Vivemos em tempos menos selvagens quando falamos de futebol brasileiro. A importância das competições está mais clara, o calendário anual EXISTE e é mais respeitado, diretorias e comissões técnicas são mais modernas. Peço um pouco de benevolência aqui: eu disse MENOS selvagens, não que os tempos são perfeitos.

Porém existem falhas na Matrix. Uma delas é o Grenal. Não importa a competição, o dia da semana ou a condição anímica, o jogo em si será lembrado pelo que é, e como os dois times chegaram até ali pouco importa. Estamos numa semana em que Grêmio e Inter tem compromissos em casa pela Libertadores. Na quarta o Inter recebe o Alianza Lima e na terça o Grêmio joga contra o Libertad, ambos duelos pela segunda rodada da competição. Nas coletivas de imprensa as perguntas para os jogadores são: vocês conseguem não pensar no clássico do domingo? Claramente uma pergunta que grita significados mesmo se não houvesse uma resposta.

Fazendo uma pesquisa rápida descobrimos que a data do jogo foi alterada nada menos do que 3 vezes! Domingo às 17, depois sábado às 17 e finalmente domingo (novamente) às 19. Se isso não demonstra o ENROSCO que o clássico provoca… Ao menos o local não foi alterado: Arena Grêmio.

Para um estudioso alheio à história, o cenário para o Grenal 418 seria dos mais brandos. O Tricolor faz boa campanha no Gauchão, empatou o primeiro compromisso na Libertadores contra o Rosário Central fora de casa, mantém a base do time de 2018 com acréscimos importantes para a temporada – Montoya, Tardelli – e tem na casamata o trunfo dos últimos anos de conquistas. Já o lado vermelho conta com afirmações de jovens da base somados aos experientes líderes do elenco, além de ter conquistado importante vitória diante do Palestino no Chile. Odair Hellmann acaba de completar 15 meses a frente do comando técnico da equipe, praticamente um milagre. Ou seja, como que um simples jogo da 10ª rodada do estadual poderia desviar o curso de uma temporada promissora para ambos os times?

Dependendo do que acontecer no domingo, na próxima semana voltamos a conversar.

About the author

Felipe

Felipe da Costa Conti, 34, Jornalista, Colorado.
Queria ser o Taffarel mas não serve nem pra Maizena.

Add Comment

Click here to post a comment

Recordar é viver

Categorias