Paumolescência…

… ou FORA TITE!

Hoje não tem nada sobre tática, esquemas, movimentações… Aqui quem fala é um torcedor que está quase contagiado pela apatia do time em campo. Quase. Mas no momento, no “pós-jogo”, estou indignado demais para me manter blasé como a diretoria Colorada!

Dois dos clubes mais organizados do país, e que nos últimos 3 anos travam duelos emocionantes, mostraram o futebol mais burocrático do país, o mesmo que os dois vem desempenhando nos últimos meses.

O Inter no gramado está sem sangue, sem vontade, sem TESÃO. E não digo isso em função de RESULTADOS, mas sim de VONTADE DE JOGAR BOLA. Parece que se o Lauro fizer um gol de bicicleta aos 48 do segundo tempo, todo mundo vai achar NORMAL e vai voltar trotando para “guardar posição”. Num time desses, D’alessandro só pode, como hoje, ser banco! Ele é muito VENAL (Dicionário Aurélio S/A) pros padrões atuais do Inter!

Nas finais da Copa do Brasil, por exemplo, o time jogou, pelo menos tentou, correu. BRIGOU, que seja (sou fã do D’ale e quem não gosta dele que vá assistir volêi de praia na TV)! Agora o que há em campo são duas ilhas (Guiñazú pela raça e Nilmar pelo esforço e técnica), e o resto é um grande arquipélago com águas MORNAS e CALMAS, nem marola de vontade fazem mais.

Hoje ocorreu exatamente a MESMA COISA que no jogo contra o Fluminense (2 a 0, depois empate, EM CASA), com a diferença que Tite foi mexer no time com 35 do segundo tempo, e colocou Taison aos (fico até envergonhado de escrever isso…) 42 da etapa final.

E Tite… O que dizer? Se a única maneira de injetar um mínimo que seja de VIAGRA motivacional nesse grupo é demitir Adenor, que se rasgue o planejamento.

Prefiro perder lutando até o fim (como foi na Copa do Brasil) do que ganhar (ou empatar) jogando bola como quem trabalha meio turno na prefeitura. E recebe salário de marajá!

“Comigo a partir de agora só joga quem for bom menino, escovar os dentes antes de dormir e correr em velocidade MODERADA!”

About the author

Grenalzito Corp

8 Comments

Click here to post a comment

Recordar é viver

Categorias